segunda-feira, 14 de setembro de 2009

LAMENTÁVEL A SITUAÇÃO QUE CHEGOU O SINPOL

POIS QUANDO A CATEGORIA PERDE A CONFIANÇA NAQUELES QUE DEVIAM REPRESENTÁ-LOS A FIM DE GARANTIR UMA SITUAÇÃO DIGNA E JUSTA DE TRABALHO, ESSAS PESSOAS INSISTEM NUMA SEQUÊNCIA DE ATITUDES QUE NOS DESAPONTAM E ENTRISTECEM.

TALVEZ OS ADMINISTRADORES DO SINPOL NÃO TENHAM A NOÇÃO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO, MAS EU VEJO UMA COISA GRAVÍSSIMA; A PERDA DA ALTO ESTIMA, ORGULHO, SATISFAÇÃO EM SERMOS POLICIAIS CIVIS EM PERNAMBUCO.

DIGO ISSO PORQUE TENHO VISTO COLEGAS QUE SEM ESPERANÇA E SEM VONTADE DE EFETIVAMENTE FAZER UM BOM TRABALHO A FAVOR DA SOCIEDADE PERNABUCANA.

SABEMOS QUE NÃO TEMOS APOIO DA GRANDE MAIORIA DOS NOSSOS SUPERIORES E QUE ELES POR DIVERSAS VEZES JÁ NOS DERAM PROVA DO SEU INDIVIDUALISMO... SE ISSO NÃO BASTASSE, PERDEMOS O APOIO DO SINDICATO, POIS ESSE TEM SE MOSTRADO OMISSO EM MUITAS SITUAÇÕES; CITAREI APENAS DUAS: PRIMEIRO O ABSURDO DO ART. 14, ONDE SOMOS CONDENADOS ATÉ MESMO ANTES DE UM JULGAMENTO JUSTO; UMA VERDADEIRA CARNIFICINA A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E FINALMENTE A EMBROMAÇÃO A VERGONHA QUE ESTÁ SENDO A NEGOCIAÇÃO DA NOSSA PLANILHA FINANCEIRA; PASSARAM-SE OS SEIS MESES DO PRAZO QUE CONSTA NA SUA APROVAÇÃO INICIAL E ACHANDO POUCO O SINDICATO GENTILMENTE CONCORDA COM MAIS TRÊS MESES.

ACREDITO QUE É CONFORTÁVEL A SITUAÇÃO DOS DIRIGENTES DO SINPOL; TALVEZ ELES TENHAM ALGUMA HERANÇA QUE DESCONHECEMOS E NA VERDADE SÃO PESSOAS RICAS E AFORTUNADAS; PARABÉNS PARA TODOS ELES.

EU POR OUTRO LADO SOU POLICIAL CIVIL NO ESTADO DE PERNAMBUCO E TENHO PLENA CONSCIÊNCIA DE MINHAS OBRIGAÇÕES COMO PROFISSIONAL DE POLÍCIA E APESAR DOS OBSTÁCULOS, QUE NÃO SÃO POUCOS, SINTO-ME ORGULHOS POR ISSO.

AQUELES QUE ACREDITAM QUE PODEMOS MODIFICAR A SITUAÇÃO ATUAL DO SINDICATO ATRAVÉS DAS URNAS, MESMO AS ELETRÔNICAS; DESCULPE-ME MAS EU NÃO ACHO ISSO POSSÍVEL. DEVEMOS LEMBRAR QUE ELES TEM A "MÁQUINA" NA MÃO; ELES TEM O APOIO DO PT E DE DIVERSAS CENTRAIS SINDICAIS. ELES TEM O PODER ECONÔMICO E ALÉM DISSO POSSUEM ALGO QUE ELES PRESAM MUITO, A DESIFORMAÇÃO DA MAIORIA DA NOSSA CLASSE.

GOSTARIA DE FINALIZAR ALERTANDO A TODOS O MOTIVO DO ESTADO MÓRBIDO DO SINPOL, ISSO MESMO; O SINDICATO ESTÁ MUITO DOENTE, DESFALECENDO A CADA ANO, DIRIA QUE NUNCA ESTEVE TÃO RUIM... ELE CONTRAIU UMA DOENÇA GRAVÍSSIMA E QUE CONTAGIOU A TODOS NA SUA DIREÇÃO, CHAMA-SE POLÍTICA PARTIDÁRIA.

OS DIRIGENTES DO SINDICATO ESQUECERAM DE ONDE VIERAM E PREOCUPAM-SE A ALCANÇAR POSIÇÕES EM DIVERSOS CARGOS POLÍTICOS, SEJA NA CÂMARA MUNICIPAL, ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, PREFEITURAS E CÂMARA FEDERAL.

O ENGRAÇADO É QUE UM DOS NOSSOS REPRESENTANTES QUANDO QUIZ SE ELEGER VEREADOR, SUBIU AO PALANQUE E AFIRMOU QUE SEU OBJETIVO ERA FORTALECER A CATEGORIA POLICIAL, FORTALECER NOSSA REPRESENTATIVIDADE; PORÉM O CONTRÁRIO FOI O QUE DE FATO ACONTECEU; ACHO QUE ELE HOJE DEPUTADO ESTADUAL, NEM SEQUER LEMBRA DA SUAS ORIGENS; POIS GERALMENTE SÓ APARECE EM VESPERA DE ELEIÇÃO, COMO TODO BOM E RESPEITÁVEL POLÍTICO.

MINHA SUGESTÃO É MOBILIZEM-SE; ACREDITEM PRIMEIRAMENTE EM DEUS E EM SEGUNDO LUGAR EM SI MESMOS EM SUA CAPACIDADE DE CRIAR, TRABALHAR E DESENVOLVER GRANDES COISAS PELA SUA FAMÍLIA, SEU TRABALHO E PELA SOCIEDADE PERNAMBUCANA; E APÓS ESGOTAREM-SE TODAS AS SUA POSSIBILIDADES, LÁ EM MILÉSIMO LUGAR, ACREDITEM NOS ADMINISTRADORES DO SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE PERNAMBUCO.

UM FORTE ABRAÇO,
OLAVO SILVA

Um comentário:

PedroPK disse...

Lendo alguns dos post deste Blog, algumas reflexões me vieram à mente.

Se -- ignorando diversos fatores de conhecimento comum a qualquer cidadão, vendo apenas a visão da situação (o oposto da oposição) -- apenas 20% dos fatos aqui citados forem verdade (o que eu acredito e ser que é muito mais que isso), a atuação do governo do estado, através das entidades de classe da(s) polícia(s) é no mínimo um indicativo de descaso, podendo ser enquadrado como leviandade, prevaricação, dentre tantos outros adjetivos que constam no código penal.

E a pergunta que vem naturalmente a mente é: Quem ganha com isso?

A instituição policial não ganha nada. Esta se enfraquece com tantos desmandos e atos "secretos" de desqualificação da corporação.

A população também não ganha. A segurança pública ainda entre as piores do país (dados recentes indicam que perdemos o 1º lugar em violência recentemente para Alagoas), gerando caos social sem precedentes, afetando o comportamento e a economia de civis e empresas, que deixam de gastar recursos para movimentar a economia e piorando significativamente a qualidade de vida.

E finalmente, também não ganha o governo. Numa sociedade aflita e amedrontada como a pernambucana, as marcas políticas são inevitáveis, reduzindo o percentual de aprovação do governo, dando munição para a oposição (seja ela composta por quaisquer partidos e coligações) e reduzindo as chances de reeleição e continuidade do atual governo (também seja ele qual for).

Por que o governo está jogando contra? Contra todos e contra si próprio! Tudo isso por permitir a atuação de pequenos grupos, que mais se assemelham à máfia na falta de transparência e de consciência coletiva.

Se o governo quer ganhar popularidade, gerando bem estar geral, dentro da instituição policial e da população pernambucana, deve obrigatoriamente repensar as consequências do descaso no comando da instituição e com quais diretrizes ele deve efetivamente governar, objetivando o controle, a eficiência e a transparência.

Ele só tem a ganhar com isso. E a população também.